ZYJ 737 - 5.000 WATTS - SÃO JOSÉ DO CEDRO - SC
Você está em:
Mudar o tamo da letra A+ A-

FOTOS

06.02.2019 |

Polícia Civil investiga mais de 60 denúncias contra agente financeiro acusado de estelionato


Acusado de estelionato, que teria vitimado mais de 60 pessoas em São José do Cedro e região, vai responder processos em liberdade.

O homem, segundo as denúncias recebidas pela Polícia Civil, atuava como agente financeiro e fazia, principalmente, empréstimos consignados sem o consentimento dos donos de benefícios previdenciários. Muitas vezes, as pessoas sequer recebiam o dinheiro.

Depois de ter sido preso no último dia 22 de janeiro, durante uma operação em que foram cumpridos mandados prisão preventiva e de busca e apreensão, nesta semana a defesa conseguiu, junto ao Poder Judiciário, o direito de o denunciado responder às acusações em liberdade.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, SANDRO ZANCANARO, a soltura do agente financeiro denunciado por estelionato é uma discussão jurídica. Por outro lado, garante que isso não vai atrapalhar as investigações.
INVESTITGAÇÃO

"Continuamos a todo vapor. Inicialmente, buscamos junto ao INSS as informações sobre todos os empréstimos consignados que pendem sobre os benefícios das vítimas que registraram boletim de ocorrência. Depois, pedimos os contratos originais de empréstimos, junto às instituições bancárias, para fazer uma confrontação grafotécnica a fim de conferir se as assinaturas são das vítimas. Caso contrário, configura um novo tipo de estelionato", explica o delegado.

ZANCANARO salienta que dois inquéritos já foram concluídos e remetidos ao Ministério Público. Ele acredita que já existam elementos suficientes para a geração de processos contra o agente financeiro de São José do Cedro por crime de estelionato.

Segundo o responsável pelas investigações, cada uma das denúncias vem sendo apurada individualmente.

As primeiras chegaram na metade do ano passado e, até agora, já são mais de 60, não só em São José do Cedro, mas também em Dionísio Cerqueira, Barra Bonita e Paraíso.

ACUSAÇÕES

O delegado relatou, em entrevista à Rádio Integração, que o maior número de acusações de estelionato está relacionado aos empréstimos consignados para aposentados e pensionistas, sem o consentimento das pessoas.

As investigações feitas até agora, conforme ele, indicam que as vítimas tinham feito empréstimos consignados há alguns anos só que, em tese, os valores estariam sendo refinanciados sem autorização, e os descontos no pagamento dos benefícios nunca terminavam.

SANDRO ZANCANARO acrescenta que também há registros de pessoas que fizeram financiamentos de veículos, mas após assinarem o contrato receberam apenas os boletos para o pagamento da dívida. Não recebiam o valor emprestado e acabaram tendo o nome inserido no SPC e Serasa.

Todas as acusações, segundo o delegado, estão sendo investigadas, contudo, infelizmente esse tipo de trabalho leva meses. É que, a Polícia Civil depende de informações de bancos e do INSS, e dos laudos do Instituto Geral de Perícias, para a conclusão dos inquéritos.


SAIBA MAIS

Ele ressalta que as pessoas que, por ventura tenham dúvidas em relação aos empréstimos consignados que pendem sobre seus benefícios devem solicitar o extrato junto ao INSS.

Se for constatado algo irregular, que a pessoa não tenha solicitado, a situação deve ser informada à Polícia Civil.

ZANCANARO ainda enfatiza que, um novo pedido de prisão preventiva se justificaria em caso de constatação de tentativa de destruição de provas ou de ameaças às testemunhas ou vítimas dos crimes de estelionato.

 

 

Compartilhar

ENQUETE

Qual estilo musical você gostaria de ouvir na Integração?

  • Sertanejo
  • Bandas
  • PopRock
  • Samba/Pagode
  • Romântica
votar resultado

TEMPO



ATENDIMENTO

(49) 3643.0211       

 



© 2019 - Rádio Integração do Oeste Ltda.                      Portal Tri