ZYJ 737 - 5.000 WATTS - SÃO JOSÉ DO CEDRO - SC
Você está em:
Mudar o tamo da letra A+ A-

FOTOS

20.11.2020 |

Idosa de São José do Cedro recebe alta depois de mais um mês internada para tratar complicações da Covid-19


TEREZA DELLA VECHIA, de 71 anos, voltou para casa nesta quinta-feira, dia 19, depois de ter ficado um mês e doze dias internada em razão da infecção pelo novo coronavírus.

De acordo com a filha dela, IVANDRA CAZOLLI, os sintomas começaram a aparecer no dia 3 de outubro, mas não eram aqueles alertados pelo Ministério da Saúde.

TEREZA teve vômitos pela manhã e mal-estar durante o dia. Ela foi levada ao hospital de São José do Cedro e diagnosticada com virose.

Entretanto, com o passar dos dias a fadiga foi tomando conta e no dia 7 de outubro ela foi internada. Chegou a fazer um teste de Covid-19, mas o resultado deu negativo. Ainda assim, o médico solicitou um raio-x de pulmão, que identificou pneumonia.

Com a saturação cada vez mais baixa, no dia 9 foi encaminhada ao hospital regional de São Miguel do Oeste. Lá, uma tomografia demonstrou sinais da infecção pelo novo coronavírus e uma pneumonia severa nos pulmões. Um teste swab rápido confirmou a doença e houve internação na UTI no dia 13 de outubro.

IVANDRA conta que desde que a mãe foi encaminhada para o hospital regional, no dia 9, a família não teve mais contato. "Foi uma angústia muito grande. O quadro evoluiu muito rápido e não sabíamos qual seria o futuro", relatou.

Ela somente pôde ver a mãe quase vinte dias depois, através do vidro da janela da UTI. Entre os familiares ninguém mais teve a doença.

TEREZA DELLA VECHIA, apesar de ser diabética, sempre teve vida ativa. Ela fazia academia, todo o serviço da casa, nunca fumou, nem foi alcoólatra e, segundo os médicos, isso fez toda diferença para a recuperação.

No dia 11 de novembro ela recebeu alta da UTI para a enfermaria do hospital regional. No último sábado foi transferida para o hospital de São José do Cedro e ontem foi liberada para ir para casa.

Conforme IVANDRA, a mãe ainda terá um longo caminho de recuperação mediante a realização de fisioterapia, já que ficaram sequelas pulmonares, e também motoras em razão do tempo de sedação.

"Estamos felizes e agradecidos a todos os profissionais do hospital cedrense e do hospital regional. Graças a Deus vencemos a Covid-19", comenta ao fazer um apelo para que as pessoas não desleixem quanto à prevenção.

"Peço que as pessoas se cuidem, tenham consciência. Não é só uma gripe. Estamos lidando com uma situação que ainda tem reflexos desconhecidos, mas que ocorrem de maneira muito rápida. A pandemia só vai passar quando tivermos uma vacina. Até lá, temos que nos cuidar", apela a filha de TEREZA.

A recomendação do Ministério da Saúde é que as pessoas usem máscara, higienizem as mãos com álcool gel ou água e sabão com frequência, e também evitem aglomerações.

Em São José do Cedro, ontem, segundo a Secretaria de Saúde, foi registrado um novo caso de Covid-19. São 178 no total e seis pessoas com o vírus ativo.

Em Princesa e Guarujá do Sul não houve novos registros e o hospital regional de São Miguel do Oeste divulgou que há nove positivados internados na UTI e três na enfermaria.

 

Foto: Arquivo Pessoal

Compartilhar

ENQUETE

Qual estilo musical você gostaria de ouvir na Integração?

  • Sertanejo
  • Bandas
  • PopRock
  • Samba/Pagode
  • Romântica
votar resultado

TEMPO



ATENDIMENTO

(49) 3643.0211     



© 2020 - Rádio Integração do Oeste Ltda.              Portal Tri